Os incêndios que lavram desde domingo na Califórnia, nos Estados Unidos, fizeram pelo menos 17 mortos e destruíram mais de 46.500 hectares, de acordo com o mais recente balanço oficial.

O presidente norte-americano Donald Trump declarou, na terça-feira, o estado de calamidade na Califórnia, uma medida que facilita a intervenção de ajuda e envio de recursos federais.

As 17 vítimas mortais foram registadas nos condados de Sonoma (11), Mendocino (3), Napa (2) e Yuba (1).

Em Sonoma, foram reportados pelo menos 200 casos de pessoas desaparecidas, 45 das quais entretanto localizadas. Pelo menos 25 mil pessoas foram retiradas das suas casas e aproximadamente cinco mil encontram-se em abrigos.

Segundo ainda números oficiais, 1.500 edifícios, entre habitações e estabelecimentos comerciais, foram destruídos pelas chamas dos 17 incêndios que se alastraram por nove condados do norte da Califórnia.