Os incêndios que lavram na Califórnia, Estados Unidos, desde domingo já causaram pelo menos 23 mortos, de acordo com o último balanço oficial.

Segundo o gabinete do xerife de Sonoma, uma das regiões mais afetadas, subiu para 13 o número de vítimas registadas naquele condado, tendo as restantes dez mortes ocorrido em outros três condados.

O anterior balanço oficial facultado pelo Departamento das Florestas e Proteção Contra os Incêndios da Califórnia era de 21 mortos.

De acordo com Ken Pimlott, que fez a atualização da situação, as chamas estão a ser combatidas por 8.000 bombeiros.

Os incêndios no norte da Califórnia subiram de 17 para 22, tendo destruindo já mais de 3.500 casas, estabelecimentos comerciais e outras estruturas no norte do Estado.

Além das vítimas mortais, há várias pessoas desaparecidas, com as autoridades a manterem-se cautelosas em termos de números, uma vez que muitos podem apenas não estar a conseguir contactar com amigos e familiares devido a falhas na rede de comunicações.