O operador do ferry Norman Atlantic, que se incendiou esta madrugada no mar Adriático, causando um morto, assegurou este domingo ao final da tarde que a situação está «sob controlo».

Cerca das 18:30 locais, a mesma hora em Lisboa, o porta-voz do operador grego Anek Lines disse à agência de notícias grega ANA que não havia «mais que fumo» e adiantou estar a ser feita uma nova tentativa para que outros navios se possam aproximar do Norman Atlantic para resgatar passageiros, através de escadas de corda.

A companhia grega, que aluga o ferry ao seu proprietário italiano, afirmou que o navio tinha começado a ser rebocado, mas a operação foi interrompida «porque a corda do reboque se quebrou».