Cerca de 700 pessoas residentes em Estellencs, ilha de Maiorca, foram desalojadas hoje de madrugada devido ao avanço das chamas do incêndio florestal que permanece ativo desde sexta-feira.

Segundo fontes do governo balear, as equipas de bombeiros, agentes florestais e de proteção civil e os operacionais no terreno ordenaram a evacuação das moradias isoladas na zona de Ses Tanquetes.

O vento e as chamas estavam de madrugada a avançar rapidamente em direção ao município de Estellencs, tendo sido solicitado aos moradores que, por precaução, saíssem das suas habitações.

Durante toda a noite trabalharam na zona de Estellencs brigadas de terra, que centraram os seus esforços para tentarem travar o avanço do fogo até à povoação e desde que nasceu o sol realizaram descargas na zona 24 unidades aéreas (hidroaviões, aviões de carga em terra e helicópteros).

O fogo que começou às 12:30 de sexta-feira na zona de Sa Coma Calenta, nas imediações de Andratx, queimou uma área de pinheiros e azinheiras que, segundo as estimativas das autoridades, alcançava os 1600 hectares, embora a área afetada possa ascender aos dois mil hectares.