O navio de cruzeiro Splendour of the Seas da empresa Royal Caribbean incendiou-se, esta quinta-feira, enquanto navegava no mar Mediterrâneo. Vinte e uma pessoas foram assistidas por inalação de fumo, de acordo com os tweets da empresa.
 
O fogo começou na sala das máquinas, numa altura em que a embarcação seguia em direção a Argostoli, uma cidade na ilha grega de Kefalonia. O fogo foi extinto e os sistemas operacionais continuaram a funcionar normalmente, de acordo com a Royal Caribbean.

Uma passageira e 19 membros da tripulação foram tratados por inalação de fumo e estão livres de perigo. Apenas um tripulante ficou internado por precaução.
 

"Tivemos um incêndio grave no motor, que durou quase duas horas", disse Howard, um passageiro norte-americano 

  Joe, um passageiro galês, disse à UTV que os turistas estavam preocupados e alguns esforçaram-se para resolver a situação de emergência.
 
"Havia um fumo denso em todas cabines. Foi uma situação de emergência, por isso tivemos que ir para a zona dos barcos salva-vidas e colocar os coletes de salvação. O cheiro a fumo era horrível. Felizmente, tínhamos feito uma simulação há alguns dias e ainda nos lembravamos dos procedimentos", revela 
Entretanto, a companhia informou que o navio já não vai parar em Argostoli, conforme estava previsto, seguindo diretamente para Veneza, Itália. A viagem de cruzeiro de sete dias já se encontrava na fase final. O Splendour of the Seas partiu de Veneza a 17 de outubro.