Uma jovem morreu esta sexta-feira em Muzaffargarh, no leste do Paquistão, depois de se ter imolado pelo fogo em protesto contra a saída em liberdade de três homens que a tentaram violar, disse fonte policial à agência Efe.

A jovem, de 17 anos, imolou-se, esta quinta-feira, em frente a uma esquadra do bairro de Bet Mir Hazar, após a libertação sob fiança de três dos cinco homens que a tentaram violar em janeiro, informou Fazal Husein, um agente daquela esquadra.

«Saíram em liberdade porque se tratou de uma tentativa de violação, não de uma agressão consumada», como cita a Lusa.