Mais de 60 pessoas ficaram feridas esta sexta-feira e 200 casas ficaram danificadas de vido a um sismo de magnitude 6,6 que atingiu a Indonésia, informa a agência oficial de desastres do país.

O sismo ocorreu à 01:00 (17:00 de quinta-feira em Lisboa), perto da cidade costeira de Sorong.

Segundo o porta-voz da agência nacional, Sutopo Purwo Nugroho, 17 pessoas sofreram ferimentos graves e 45 ferimentos de menor gravidade, enquanto 200 casas ficaram danificadas.

O sismo causou também apagões em Sorong, obrigando à evacuação do hospital da cidade.

“Ainda estamos a recolher informação, mas esperamos que o número de vítimas e estragos aumente”, disse Nugroho.
 

Dois sismos abalam Papua indonésia e Ilhas Salomão


Um sismo de magnitude 6,6 atingiu esta madrugada a província indonésia de Papua, seguido, minutos mais tarde, de outro de magnitude 6 nas Ilhas Salomão, ambos no Pacífico Sul.

Até agora não há registo de danos materiais nem foi emitido um alerta de tsunami.

O sismo na Papua ocorreu a 25 quilómetros de profundidade e a 28 quilómetros da cidade de Sorong, segundo os Serviços Geológicos dos Estados Unidos, que monitorizam a atividade sísmica em todo o mundo.

O sismo nas Ilhas Salomão teve o seu hipocentro a 23 quilómetros de profundidade e registou-se a 98 quilómetros da cidade de Honiara.

A ilha de Nova Guiné, cuja metade oriental pertence à Indonésia, e as Ilhas Salomão assentam no chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que todos os anos é abalada por cerca de 7.000 sismos, a maioria moderados.