A Austrália violou a soberania da Indonésia em várias ocasiões durante operações para impedir a entrada de barcos com imigrantes ilegais no país, admitiu hoje o ministro da Imigração, Scott Morrison.

O Governo australiano pediu desculpas a Jacarta pelas ações que aconteceram «involuntariamente e sem conhecimento ou aprovação por parte do Governo australiano» devido a «erros posicionais», explicou Scott Morrison em conferência de imprensa.

O responsável pela imigração australiana indicou que o chefe da Armada, Ray Griggs, apresentou quinta-feira explicações ao seu homólogo indonésio e que a ministra dos Negócios Estrangeiros, Julie Bishop, chamou o embaixador indonésio, Marty Natelagawa, para apresentar desculpas «sem condições».