O número de pessoas afastadas das suas casas devido a conflitos ou crise superou os 50 milhões pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, com a população Síria a ser principalmente atingida, revelou hoje a ONU.

Segundo os dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, no final de 2013 estavam deslocados 51,2 milhões de pessoas, mais seis milhões do que no final de 2013.