Habitantes, trabalhadores e crianças de uma creche num bairro de Berlim tiveram de ser retirados depois de ser descoberta uma bomba soviética da Segunda Guerra Mundial no local, pela polícia.

Segundo as autoridades de Berlim, em causa estava uma bomba de 100 quilogramas que não tinha explodido e que, devido ao seu mau estado, não podia ser deslocada para outro local.

No decorrer da descoberta foi estabelecido um perímetro de segurança de 200 metros em torno do explosivo, no bairro de Friedrichshain, tendo sido mobilizada uma equipa de cerca de 100 agentes para ajudar na evacuação dos edifícios afetados.