Um vídeo de um padre a agredir uma criança durante o batizado está a gerar uma onda de indignação em França.

A criança não parava de chorar e o padre resolveu bater-lhe. A mãe interveio de imediato, mas sem efeito, tendo o pai agido depois, puxando o filho para si, momento no qual o vídeo termina.

A localidade e a diocese à qual pertence este padre ainda não é conhecida, nem mesmo a sede da Igreja Católica de França conseguiu ainda apurar essa informação, segundo o Huffington Post, que contactou a Igreja. Em todo o caso, caberá à diocese aplicar sanções se assim entender.

O mesmo jornal contactou várias dioceses para apurar onde ocorreu a situação, mas até ao momento ainda não a descobriu. Muitas delas respondem condenando a situação, sendo que outras falam em "notícias falsas" e em ataques à Igreja.

Uma jornalista do Le Figaro, Émilie Geffray, revelou que a família lhe pediu para retirar o vídeo da internet, já que nunca pensaram que podia ter este tipo de visibilidade. Émilie revelou também que a família vai processar o padre.

Apesar disso, a jornalista não revelou a identidade do padre.

Se a família não quer ver este vídeo nas redes sociais, eu não quero revelar os nomes dos protagonistas nem o lugar onde a cena aconteceu."