O presidente deposto da Ucrânia Viktor Ianukovich pediu aos ucranianos a realização de referendos em todas as regiões do país a fim de determinar o seu futuro estatuto, revelou a agência de noticias estatal russa Itar-Tass.

«Como presidente, cujo pensamento e coração estão convosco, apelo a cada cidadão sensato da Ucrânia para que não se deixe utilizar pelos impostores», assinalou Ianukovich, em alusão ao novo poder de Kiev.

Nesse sentido, Ianukovich apelar aos cidadãos ucranianos para que «exijam a realização de um referendo sobre o estatuto de cada região na Ucrânia».

O presidente deposto encontra-se refugiado no sul da Rússia desde a sua destituição no passado dia 22 de fevereiro, continuando a considerar-se como presidente legítimo.

Ianukovich pediu para sair do Partido das Regiões, do qual era líder, e que se reunirá no sábado para definir a estratégia para a eleição presidencial a 25 de maio.

O partido tem reconhecido a necessidade de ser completamente remodelado e pretende participar na eleição.