O pastor canadiano que foi libertado na quarta-feira pela Coreia do Norte regressou este sábado a casa, anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Canadá em comunicado. O homem estava preso há dois anos e meio. 

Hyeon Soo Lim, pastor protestante de nacionalidade canadiana e de origem sul-coreana, de 62 anos, estava preso desde 2015 na Coreia do Norte, onde foi condenado a prisão perpétua num campo de trabalhos forçados por atividades subversivas contra o regime.

Na semana passada Hyeon Soo Lim foi libertado por “razões médicas”, segundo a descrição do próprio regime norte-coreano.