Um pastor canadiano desaparecido na Coreia do Norte foi retido pelas autoridades daquele país asiático, anunciaram hoje os responsáveis consulares do Canadá e da sua igreja.

O reverendo Hyeon Soo Lim, de 60 anos, estava desaparecido desde 31 de janeiro, depois de ter chegado à Coreia do Norte via China.

A igreja presbiterana da Coreia afirmou que a família do pastor «recebeu das autoridades canadianas informações de que o Governo da República Popular Democrática da Coreia confirmou que Hyeon Soo Lim estava retido na Coreia do Norte».