A organização Human Rights Watch (HRW) denunciou hoje que as tropas francesas deslocadas na República Centro Africana são insuficientes para conter a violência e proteger a população muçulmana.

Os centro-africanos muçulmanos fugiram em massa do país face aos contínuos ataques das milícias cristãs «Anti-Balaka», garante a HRW num comunicado depois de visitar populações no noroeste do país.

Na mesma zona, os Médicos Sem Fronteiras advertiram que a escalada de violência está a impedir a assistência humanitária.