A Human Rights Watch (HRW) instou esta quinta-feira o governo grego a «agir rapidamente» para pôr fim às violações de direitos humanos no país, destacando o racismo, a xenofobia, os abusos policiais e o tratamento dos imigrantes ilegais.

«Ministros chave assumiram compromissos importantes para mudar leis e práticas abusivas, alimentado a esperança de que as promessas eleitorais se tornem realidade», afirmou, num comunicado, a especialista da organização não-governamental para a Grécia Eva Cossé.

«O governo de (Alexis) Tsipras deve aproveitar o seu forte mandato para fazer as reformas necessárias o mais rapidamente possível», acrescentou.