Um ladrão trocou um diamante por uma pedra falsa numa joalharia de luxo em Hong Kong, informou hoje a polícia da antiga colónia britânica.

O diamante, avaliado em cerca de 1,7 milhões de dólares de Hong Kong (196.735 euros), foi levado por um homem na casa dos 30, na sexta-feira, de uma loja do distrito de Central.

“A partir de imagens de vigilância (CCTV) descobriu-se que um homem que se apresentava como cliente chegou à loja e escolheu um dos itens, suspeitando-se que tenha trocado, de seguida, o diamante verdadeiro por um falso”, referiu a polícia em comunicado.


O diamante falso foi detetado por um dos funcionários da joalharia que reportou o caso à polícia que, até ao momento, não efetuou qualquer detenção.

Os furtos em lojas em Hong Kong aumentaram mais de 15% no primeiro semestre do ano, face ao período homólogo do ano passado, com 4.961 casos, segundo estatísticas da polícia.

Em janeiro, a polícia da antiga colónia britânica procurava uma menina entre 12 e 14 anos de idade por causa do furto de um colar de diamantes avaliado em mais de 36 milhões de dólares de Hong Kong (4,1 milhões de euros) de uma joalharia.

Ninguém foi detido até à data.