Um tribunal de Hong Kong decretou cinco semanas de prisão para uma mulher acusada de contrabando de leite em pó para bebé, informaram hoje as autoridades citadas pela agência AFP.

A mulher de 37 anos foi sentenciada a 35 dias de prisão depois de ter sido descoberta na posse de quatro embalagens de leite em pó para bebé com o peso de 3,2 quilogramas na fronteira entre Hong Kong e a cidade de Shenzhen, no interior da China, no domingo.

Esta foi a primeira condenação desde que Hong Kong proibiu, em março, as pessoas de levarem mais de 1,8 quilos de leite em pó para bebés para fora do território, depois de se ter registado uma corrida às lojas da cidade, especialmente por famílias do interior da China que não confiam nos produtos chineses.