O tribunal de recurso do Botswana anulou hoje uma decisão do governo do país, que tinha recusado o registo de uma organização representativa dos homossexuais e de outras minorias.

Alguns ativistas iniciaram uma a batalha legal depois de o Ministério dos Assuntos Internos ter rejeitado um pedido de registo da organização - Lésbicas, Gays e Bissexuais do Botswana (LEGABIBO).

O tribunal rejeitou o argumento do ministro dos Assuntos Internos, Edwin Batshu, de que o registo da LEGABIBO poderia levar os seus membros a violar a lei.