Um homem de 58 anos matou o próprio filho, de 33, depois de o confundir com um intruso.

O incidente ocorreu na noite de sábado, em Sedalia, no Colorado, Estados Unidos, quando Frank Humer disparou contra Nicholas, que não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois.

O homem enfrenta agora uma acusação de homicídio em segundo grau, refere o The Huffington Post.

Em comunicado, a polícia local revelou que Frank Leo Huner ligou para as autoridades por volta das 22:15, hora local, a informar que tinha “acabado de atingir mortalmente o que acreditava ser um intruso que lhe tinha invadido a casa”.

Já durante a chamada, o homem identificou o intruso como sendo seu filho.

Frank Huner foi detido pelas autoridades, mas acabou por ser libertado depois de pagar uma fiança no valor de 50 mil dólares.

De acordo com as autoridades, o incidente está a ser investigado mas ainda está numa “fase inicial”.