A polícia do Estado norte-americano de Tennessee prendeu um homem de 37 anos, Gregory Scott Hale, depois de ele ter confessado que assassinou, esquartejou e consumiu parte do corpo de uma mulher que tinha conhecido no dia anterior. O homem disse às autoridades que cometeu o homicídio em casa do pai, onde vive. A polícia identificou a mulher como Lisa Marie Hyder.

De acordo com o «Los Angeles Times», o Gabinete do Xerife do Condado de Coffee recebeu uma denúncia de um vizinho que tinha «razões para acreditar» que Hale tinha matado alguém. O canal de televisão local WSMV refere que a polícia soube no domingo que Gregory Scott Hale estava à procura de alguém para o ajudar a livrar-se do corpo.

Os pais de Hale parecem ser totalmente alheios ao crime, com o «Los Angeles Times» a escrever que eles «estavam numa parte diferente da residência, quando a morte ocorreu».