Um tribunal da ilha indonésia de Bali condenou esta terça-feira um norte-americano a 18 anos de prisão por ter assassinado a mãe da sua namorada e colocado o corpo dentro de uma mala de viagem na bagageira de um táxi.

Os juízes consideraram Tommy Schaefer, de 21 anos, culpado pelo «homicídio premeditado» de Sheila von Wiese Mack, em agosto de 2014, e condenaram-no a uma pena de 18 anos de prisão efetiva.

A sentença foi proferida pelo presidente do coletivo de juízes do tribunal do distrito de Denpasar, Made Suweda, que seguiu o pedido do procurador público.