Um norte-americano está a ser acusado do homicídio involuntário da filha seis meses, que foi encontrada inconsciente pela polícia, após ter sido deixada por mais de quatro horas, dentro de um carro, num dia cujas temperaturas atingiram os 35 graus na cidade de Melissa, no Texas. Tudo aconteceu na passada terça-feira.

Michael Thedford, de 33 anos, foi detido e acusado na esquadra de Collin County, mas saiu em liberdade após o pagamento de uma fiança de quase 18.000 euros. Nem chegou a recorrer, segundo os registos, aos serviços de um advogado.

Fabiola Contreras, vizinha do arguido e da família, alegou ter visto a chegada da ambulância e da polícia do Departamento do Xerife de Collin County.

Eles fizeram algumas perguntas à mãe e ela parecia estar a chorar. Estava devastada. Ele também, abraçava-a e chorava", disse Contreras à NBC.

Thedford é professor substituto no Liceu de Melissa e, segundo Contreras, é uma pessoa séria e calma.

Outros vizinhos indicaram que Michael Thedford tem outros dois filhos pequenos. É também o autor de um livro infantil.