Os homens armados que sequestraram três estrangeiros e uma filipina de um resort na ilha de Samal conseguiram passaram pelo ‘cordão’ das autoridades e escapar para uma zona montanhosa das Filipinas, com os reféns, revelou esta quarta-feira a polícia.

Segundo o vice-comandante regional da polícia, Aaron Aquino, o exército está a tentar localizar os criminosos, enquanto helicópteros da força aérea estão preparados para um possível resgate, numa altura em que os sequestradores se deslocaram para a província de Davao Oriental, um bastião dos rebeldes maoistas e islâmicos.

Homens armados capturaram dois turistas canadianos, um funcionário norueguês e uma filipina, de um resort de luxo, na segunda-feira à noite, no mais recente caso de sequestro de estrangeiros no sul do país.

“Na noite passada recebemos a informação que os sequestradores e as suas vítimas tinham sido vistos. Estão na zona de Davao Oriental”, disse Aquino à radio DZBB.