Espanha assinala esta quarta-feira o 11.º aniversário dos atentados, prestando homenagem às vítimas dos atentados bombistas que fizeram 192 mortos e mais de 1.900 feridos.

A primeira cerimónia em memória das vítimas está marcada para as 10:00 (menos uma hora em Lisboa) junto ao monumento da estação de Atocha, prevendo-se que os participantes levem um total de 192 balões brancos, por cada uma das vítimas mortais.

Meia hora depois, na catedral de La Almudena, o arcebispo de Madrid, Carlos Osoro, irá celebrar uma missa.

Na manhã de 11 de março de 2004, dez bombas explodiram em quatro comboios da linha suburbana que liga Alcalé de Henares a Atocha, naqueles que foram os mais mortíferos atentados em território espanhol.