A política da companhia aérea que transportou Les Price, 43 anos, especifica que qualquer pessoa acima de 130kg deve pagar dois bilhetes.

Price com um peso de 234kg assim fez. Pagou as duas passagens, para viajar da Irlanda para Gales, mas quando embarcou no avião descobriu que um estava na fila 17 e outro na 19, segundo avançou o Telegraph esta segunda-feira.

O passageiro já tinha enfrentado alguns embaraços na viagem de ida, já que também nessa altura os seus lugares não eram consecutivos - numa fila de três, os assentos de Price eram os de ambas as pontas.

Price queixa-se agora que os próprios funcionários da companhia não sabem da política do peso e que isso lhe causou transtornos.

«Quando cheguei ao aeroporto tive de explicar a todos os empregados o porquê de ter dois bilhetes, eles não faziam ideia», disse Price ao Telegraph.

«Quando finalmente embarquei no avião um lugar estava junto ao corredor e outro junto à janela - isto numa fila de 3 lugares. Na viagem de regresso da Irlanda um lugar estava na fila 17 e outro na 19».

Price queixa-se que esta é apenas uma das diárias frustrações que encontra devido ao seu peso elevado, que ganhou após um acidente de trabalho que o deixou 9 meses parado, 3 do quais sem sair de casa.

O britânico contou, ainda, ao Telegraph que após a morte da sua mulher se reconfortava na comida o que também ajudou no aumento do peso, que, no entanto, está determinado em perder.