E se um hotel tivesse robô em vez de humanos? Ou se os tradicionais bagageiros já não fossem precisos para carregar as malas? Dois empresários japoneses pensaram nisso e decidiram levar o uso da tecnologia mais longe e aplicá-la no conforto e em praticamente todos os serviços oferecidos pelo hotel.

No hotel Henn-na, situado na cidade japonesa de Sasebo, os dez robôs que vão estar disponíveis possuirão uma inteligência artificial que vai permitir-lhes fazer praticamente tudo o que uma funcionária de carne e osso faria. Exemplo disso será levar as malas para o quarto ou limpá-lo.  

Neste hotel, o ato de abrir a porta do quarto será feito através de uma aplicação que funciona em todos os smartphones, que serão ainda úteis para substituírem os habituais telefones do quarto para fazer pedidos à receção.
 
A ideia surge da necessidade, sentida pelos proprietários em diversas viagens, de simplificar os procedimentos dos hotéis, que julgavam muito demorados.

O hotel Henn-na vai ser inaugurado esta sexta-feira.