Hayat Boumeddiene já terá abandonado França há algum tempo, segundo avança este sábado a imprensa e a polícia francesa. 

Vídeo: quem é Hayat Boumeddiene?

De acordo com o «Le Figaro», que cita uma fonte da polícia, a suspeita do atentado de Montrouge, deverá ter ido para a Síria. A mesma fonte terá confirmado ao jornal que Boumeddiene embarcou num voo que partiu de Madrid com destino à Turquia e que as autoridades turcas vão começar a distribuir a imagem da suspeita na fronteira entre o país e a Síria. 

Segundo a agência Reuters, que cita fonte dos Serviços de Segurança turcos, a mulher de 26 anos terá entrado na Turquia, por Istambul, no dia 2 de janeiro. As autoridades turcas dizem que vão colaborar com as forças francesas, para tentar localizar a suspeita.

Hayat Boumeddiene era a namorada do sequestrador do supermercado judaico, em Paris, e terá participado também na morte de um polícia, no dia seguinte ao atentado à redação do jornal «Charlie Hebdo».

A mulher terá conseguido escapar quando foram libertados os reféns sobreviventes, que estavam no interior do supermercado.

>> Leia também:   a transformação da suspeita, de jovem pacata dos subúrbios a noiva jihadista