A jovem alemã que ficou sem um braço depois de ser atacada por um tubarão no Hawaii morreu nesta quarta-feira, uma semana depois do acidente.

Jana Lutteropp, de 20 anos, que corria perigo de vida, morreu no centro hospitalar do Maui, comunicou a porta-voz do hospital, Carol Clark.

No dia do incidente, um professor californiano que ali se encontrava de férias ouviu os gritos da jovem e entrou de imediato na água para a acudir. Rick Moore conseguiu resgatar Lutteropp para terra, que perdeu várias vezes a consciência.

Não se sabe que espécie de tubarão atacou a jovem, pois ninguém terá avistado o animal, segundo a Associated Press.

As autoridades havaianas estão preocupadas com o número de ataques registados este ano - oito até ao momento -, já depois dos dez que ocorreram em 2012, uma vez que até então os registos apontavam para uma média de três/quatro ataques por ano.

A última morte registada no Hawaii por ataque de tubarão aconteceu em 2004, quando um animal da espécie Tigre arrancou a perna do surfista Willis McInnis, também em Maui.