Novos confrontos eclodiram na madrugada deste domingo nas ruas de Hamburgo, após o fim da cimeira do G20, com manifestantes a incendiarem carros, informou a polícia através da rede social Twitter.

Os manifestantes reagruparam-se, depois do encerramento da cimeira, no bairro de Schanzen, bastião local da esquerda radical, onde já tinha havido confrontos desde quinta-feira.

Grupos de manifestantes atiraram garrafas contra veículos, incendiando-os. Foram dispersados pela polícia com recurso a gás lacrimogéneo e canhões de água, segundo a informação das autoridades publicada no Twitter e citada pela agência France Presse.

A cimeira dos países mais desenvolvidos do mundo, que terminou no sábado, foi marcada desde antes do seu início com protestos contra o capitalismo, levados a cabo por manifestantes.