O secretário de Estado norte-americano condenou, este domingo, o sequestro de três jovens israelitas na quinta-feira. John Kerry pediu que sejam libertadas de imediato, enquanto apontou o Hamas como possível autor do rapto.

De acordo com a AFP, Kerry ofereceu «apoio total» a Israel na procura das adolescentes, desaparecidas na quinta-feira, na Cisjordânia, quando pediam boleia. Secretário de Estado instou os serviços de segurança israelitas e palestinianos a trabalharem em «total cooperação».

«Ainda procuramos detalhes acerca dos responsáveis deste ato terrorista ignóbil, mesmo se numerosos indícios apontem para uma implicação do Hamas», indicou Kerry num comunicado, onde lembra que a posição americana não mudou.