Investigadores descobriram uma enorme vala comum que acreditam ter várias centenas de corpos, vítimas do conflito que levou à separação da Jugoslávia, nos anos 90.

Segundo a CNN, os corpos encontrados em Tomasica, Prijedor, Bósnia-Herzegovina, são de etnia bósnia e croata, e terão sido mortos no verão de 1992.

Até esta quinta-feira já tinham sido exumados 231 corpos, bem como partes de outros 112. Números que segundo Boris Grubesic, porta-voz do escritório do procurador, podem aumentar a cada dia, ou mesmo a cada hora.

Mais de 30 objetos pessoais foram também encontrados.

A vala comum com cerca de 10 metros de profundidade começou a ser escavada em Setembro e espera-se que os trabalhos continuem durante a próxima semana.

Os corpos estão a ser movidos para um centro de identificação onde serão sujeitos a análises forenses para tentar determinar a identidade das vítimas.

A identificação pode vir a trazer paz a muitas famílias cujos parentes desapareceram durante o conflito terminado em 1995.