Oito pessoas estão desaparecidas desde esta quarta-feira, depois de um deslizamento de terras, que obrigou a evacuar a vila suíça de Bondo, perto da fronteira com a Itália.

Os desaparecidos são suíços, alemães e austríacos, segundo a imprensa suíça.

Um grupo de outras seis pessoas, que tinham ido para a zona do vale Val Bregaglia, também foram dados como desaparecidos, mas a polícia do cantão de Grisons já recebeu confirmação de que se encontram na Itália.

Segundo o The Guardian, o deslizamento de terras arrastou 4 metros cúbicos de lama, pedras e outros detritos da montanha para a vila. Cerca de 100 pessoas foram retiradas, algumas de helicóptero.

Pelo menos 12 construções usadas por agricultores foram destruídas.

Segundo a polícia local, o deslizamento de terras foi equivalente a um pequeno tremor de terra, magnitude 3 na escala de Richter.