Um homem de 86 anos foi diagnosticado em Hong Kong com a estirpe H9N2 da gripe aviária, tendo este sido o primeiro caso do género detetado em quatro anos na antiga colónia britânica, informou esta terça-feira a imprensa local.

O homem, natural de Hong Kong e residente na cidade chinesa vizinha de Shenzhen, atravessou no sábado a fronteira para a Região Administrativa Especial chinesa para procurar ajuda médica por sentir calafrios e tosse, tendo sido depois levado para o hospital de ambulância, de acordo com as autoridades de Saúde de Hong Kong, citadas pelo jornal South China Morning Post.

As mesmas fontes indicaram que as análises laboratoriais confirmaram na segunda-feira que o indivíduo estava infetado com gripe aviária, apesar de não ter estado em contacto direto com aves.