Um homem de 61 anos morreu em Pequim depois de ter sido diagnosticado com o novo vírus da gripe aviária H7N9, elevando para 44 o número de mortos devido a este vírus na China.

De acordo com a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua, o homem foi diagnosticado com o vírus a 20 de julho, quando foi transferido da província de Hebei, no norte da China, para um hospital de Pequim, onde morreu na segunda-feira.

Na sexta-feira foi confirmado um outro caso de infeção por H7N9 na província de Guangdong, no sul da China, que elevou para 134 o número total de pessoas infetadas com o vírus no país.