O jornalista norte-americano Glenn Greenwald disse na quarta-feira que se o Brasil quer mais informações sobre a alegada espionagem levada a cabo pelos Estados Unidos deverá oferecer asilo ao ex-técnico da CIA Edward Snowden.

Em declarações proferidas num painel do congresso brasileiro que investiga as alegações de que os EUA espiaram Brasília, Greenwald constatou que os governos parecem estar gratos pela revelação da alegada espionagem norte-americana contra eles, mas «não estão dispostos a proteger a pessoa que lhes deu a informação».

«Se o governo [brasileiro] quer informação, deverá protegê-lo [Snowden] para que possa ter liberdade para trabalhar, pois ele tem agora muito pouca margem para falar e corre o risco de os Estados Unidos o capturarem», acrescentou.