“Foi assinado o decreto presidencial para a dissolução do parlamento, a organização das eleições a 20 de setembro e a constituição do novo parlamento a 01 de outubro”


Vassiliki Thanou