Um cidadão grego foi detido, esta terça-feira, pela polícia, depois de ter atirado um punhado de moedas contra o representante do FMI, Poul Thomsen, frente ao Ministério das Finanças em Atenas, noticiou a Athens News Agency.

De acordo com a mesma fonte, as moedas atingiram o carro do chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI), membro da troika que acompanha a situação económica e financeira do país.

Thomsen, vice-diretor do departamento europeu do FMI, liderou a missão da organização em Portugal, em 2012.