Os militares da GNR destacados nas ilhas gregas de Samos e Lesbos auxiliaram esta segunda-feira 69 migrantes, dos quais 36 crianças, 16 mulheres e 17 homens, afegãos e iraquianos que tentavam chegar à costa.

Em comunicado, a GNR adianta que, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (Frontex), a equipa de vigilância marítima da Unidade de Controlo Costeiro detetou uma embarcação com 11 migrantes iraquianos, rumo à fronteira da Grécia, e prestou auxílio até chegarem à costa.

Numa outra ação de patrulhamento efetuada na ilha de Lesvos, os militares auxiliaram o desembarque de 58 cidadãos afegãos, encaminhando-os para as autoridades gregas.

A operação da Frontex pretende prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar através de missões de busca e salvamento.