Grace Mugabe, mulher do presidente do Zimbabué, entregou-se à polícia depois de ser acusada de agredir uma jovem modelo que se divertia com os seus filhos num hotel em Sandton, em Joanesburgo, avança a BBC, que cita fontes policais sul-africanas.

Gabriella Engels, de 20 anos, garante ter sido agredida pela primeira-dama do Zimbabué, no Hotel Capital 20 West, na noite de domingo.

Em declarações ao Times Live, Engels, que ficou ferida na testa, alega que conheceu Robert Mugabe Jr, de 25 anos, e Chatunga Mugabe, de 21, na noite de sábado, e que no domingo estavam "a descansar no quarto de hotel" quando tudo aconteceu.

Estávamos a descansar no quarto de hotel e eles estavam no quarto ao lado. Ela entrou e começou a bater-nos. Tenho um golpe na testa. Sou modelo e ganho dinheiro com base na minha imagem", afirmou a jovem, acrescentando que Grace Mugabe lhe bateu com uma extensão elétrica enquanto os guarda-costas assistiam.

O gerente do hotel confirmou que houve um incidente e que convidou os hóspedes a sair, sem no entanto confirmar os nomes destes.