O ministério das Relações Exteriores da Alemanha afirmou, esta terça-feira, que pediu ao embaixador britânico para viajar até Berlim para discutir um relatório sobre a espionagem secreta que a Grã-Bretanha fez em Berlim através de equipamento de alta tecnologia instalado no teto da embaixada.

«Por iniciativa do ministro das Relações Exteriores Westerwelle, o embaixador britânico foi convidado para uma conversa com o ministro», afirmou o ministério através das Relações Exteriores.

«O diretor do departamento europeu pediu uma explicação sobre os relatórios na comunicação britânica e que revelou que as escutas de comunicações de uma missão diplomática se trata de um violação do direito internacional», pode ainda ler-se.

Documentos divulgados por Edward Snowden mostram que a agência nacional de vigilância da Grã-Bretanha opesa numa rede de «espionagem eletrónica» no gabinete do chanceler alemão, revelou o «Independent».