O ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown disse este sábado ter assinado com os líderes dos principais partidos uma resolução comprometendo-se a cumprir o calendário para dar mais poderes à Escócia.

Depois da vitória do «não» no referendo sobre a independência da Escócia, na quinta-feira, o escocês Gordon Brown assegurou num discurso em Fife, no leste escocês, que as promessas de mais autonomia à Escócia «serão cumpridas» e pediu que haja trabalho pela unidade da região.

De acordo com o político trabalhista, considerado o pilar da vitória do «não», o documento que os líderes assinaram inclui a promessa de elaboração de uma lei sobre a autonomia da Escócia, que deverá estar pronta no final de janeiro.