Um bombista suicida fez-se explodir, esta sexta-feira à noite, num mercado de Gombe, no nordeste da Nigéria, num atentado que matou pelo menos cinco pessoas e fez 11 feridos, disse um responsável pelos socorros.

«Tratou-se de um atentado suicida», esclareceu Said Ahmed Minin, o chefe das operações de socorro nigerianas (NEMA) em Gombe, a capital do Estado com o mesmo nome, à agência de notícias AFP.

A explosão, que ocorreu às 19:25 horas locais (18:25 horas em Lisboa) sacudiu o quarteirão onde se localiza o mercado.