Uma simples foto de um jovem italiano com a avó ao colo, na noite de Passagem de Ano, teve mais de 52 mil partilhas. Este gesto de amor comoveu o mundo e a história de Giancarlo Murisciano foi contada pelo Corriere della Sierra.
 
 


Giancarlo tem 28 anos e cresceu com os avós a seu lado. A avó, Antonia, tem 87 anos e sofre de Alzheimer. Na passagem de ano, depois de jantarem, o jovem pegou na avó, que fraturou a anca recentemente e que caminha com dificuldades, para a levar para a cama e a prima de doze anos decidiu fotografar o momento.

Formado em Ciências Motoras, Giancarlo trabalha como fisioterapeuta num ginásio em Messina, Sicilia, e sabe como tratar pessoas frágeis.

Na fotografia, a expressão facial de Antonia dá a entender alguma dor e parece chorar, mas o jovem italiano esclarece que se trata de uma expressão de vergonha e desagrado pela sua condição débil e ao mesmo tempo de reconhecimento por nunca ser deixada sozinha.

«De dia nunca está sozinha e à noite a minha mãe dorme com ela», conta Giancarlo que cresceu «na casa dos avós». «Tinha um quarto pequeno na casa dos meus avós para os ajudar durante a noite se fosse preciso, mas foram eles que durante muitos anos me deram muito mais do que eu lhes podia oferecer».

Resultado dessa gratidão pelos avós, é a mensagem que Giancarlo escreveu na legenda da fotografia que até ao momento já teve milhares de comentários e mais de 480 mil gostos. 

«Também isto é amor. Quem sabe não foi o melhor 31 de dezembro da minha vida, mas isto também é parte da vida. No passado, eras tu que me pegavas ao colo e agora eu faço o mesmo contigo, avozinha, sem vergonha ou medo, para lembrar a todos que a vida deve ser vivida e combatida. É fácil escrever palavras no Facebook ou noutros lugares, mas na vida é preciso estar sempre presente. Este é o meu desejo para 2015: a presença de alguém próximo, que nos possa proteger e reconfortar e que nos faça feliz e nos sorria».