Pelo menos 12 pessoas morreram este domingo em Tbilissi - segundo a última atualização da AFP, de acordo com a informação do presidente da câmara - na sequência de inundações na cidade, enquanto dezenas de feras, incluindo lobos, leões e tigres, escaparam do jardim zoológico e vagueiam pelo centro da capital da Geórgia. 

A televisão estatal Rustavi-2 informou que pelo menos seis leões, cinco tigres e 13 lobos vagueiam pela cidade depois de terem fugido do jardim zoológico, onde foram encontradas três das vítimas mortais.

Entre os mortos contam-se, segundo a diretora do jardim zoológico em declarações à agência InterPressNews, dois dos tratadores.

Pouco depois, forças especiais da polícia da Geórgia informaram da morte de seis lobos, que foram localizados no território de um hospital infantil de Tbilisi.

De resto, Tblissi está virada do avesso com chuvas torrenciais a causar fortes cheias, casas destruídas, carros debaixo de lama, estradas cortadas e ruas transformadas em rios.

O rio Vere não aguentou as horas de chuvas torrenciais que caíram na cidade e transbordou. 

O primeiro-ministro, Irakli Garibashvili, pede às pessoas que não saiam de casa.