O general norte-americano da Força Aérea responsável pelo arsenal de mísseis nucleares foi afastado das suas funções por má conduta durante uma viagem de trabalho à Rússia, na qual terá passado tempo com mulheres e insultado militares russos.

De acordo com o relatório da investigação realizada ao caso, que foi divulgado na quinta-feira, segundo a agência Efe, o general Carey foi enviado para outra unidade da Força Aérea em outubro por ter «atuado de um modo que excede os limites aceitáveis de conduta» durante uma visita de quatro dias a Moscovo este verão.

O documento refere que Carey bebeu álcool durante três dias, revelou um comportamento agressivo que surpreendeu mesmo os seus subalternos, estabeleceu amizade com mulheres, sem especificar, e insultou militares russos que o acompanharam na visita de trabalho para realizar exercícios sobre segurança nuclear.