O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, e o chefe no exílio do movimento Hamas, Khaled Mechaal, deverão encontrar-se este domingo em Doha para abordar uma possível trégua na Faixa de Gaza, indicou à agência noticiosa AFP um responsável palestiniano.

De acordo com este responsável próximo de Abbas, «o presidente vai encontrar-se com Mechaal [na capital do Qatar] para discutir os meios de garantir uma trégua na Faixa de Gaza», onde uma ofensiva israelita já provocou mais de 340 mortos desde 08 de julho, na maioria civis.

Este sábado foi um dos dias mais sangrentos desde o início da operação, com 46 palestinianos mortos em Gaza e dois soldados e um civil israelitas mortos em ataques atribuídos ao Hamas, a organização islamita que controla o pequeno enclave com 1,8 milhões de habitantes.

Manifestação termina em confrontos

Uma manifestação convocada este sábado em Bruxelas contra a intervenção militar israelita em Gaza, em que participaram cerca de 2.000 pessoas, terminou em confrontos com a polícia, anunciou a agência de notícias Belga.

Os incidentes ocorreram no final da marcha, quando perto de uma centena de jovens se separaram dos restantes manifestantes e começaram a partir os vidros de alguns carros estacionados nas imediações.

Os jovens queimaram uma bandeira israelita e outra norte-americana e gritaram palavras de ordem como «morte aos judeus».