O presidente russo, Vladimir Putin, disse, na segunda-feira, que os homossexuais são «bem-vindos» nos Jogos Olímpicos.

«Estamos a fazer tudo para que os atletas e os fãs se sintam em casa em Sochi, independentemente da sua nacionalidade, raça ou orientação sexual», cita a agência de notícias russa RIA.

As palavras do chefe de estado ganham importância porque a legislação russa proíbe a divulgação de informação sobre relações com pessoas do mesmo sexo junto de menores. A lei assinada em junho dá o poder às autoridades para multarem quem o faça e até deportar estrangeiros apanhados a infringir a regra.

A lei já deu lugar a uma onda de protestos e apelos para o boicote às Olimpíadas de Inverno. De acordo com a CNN, Cher foi umas das vozes que se levantou contra a lei e ter-se-á recusado a cantar nos jogos.

Os Jogos Olímpicos de Inverno têm lugar em Sochi, na Rússia, em fevereiro.