A Nova Zelândia celebrou esta segunda-feira os primeiros casamentos entre pessoas do mesmo sexo, incluindo um a 30.000 pés de altitude, depois de se ter tornado o 14.º país a autorizar o casamento homossexual e o primeiro na Ásia-Pacífico.

«Muitas felicidades para os casais felizes que deram o nó hoje. A igualdade no casamento chegou finalmente à Nova Zelândia», declarou Conrad Reyners, da associação Campanha para a igualdade no casamento.

Já a associação Family First, que se opôs vivamente contra a aprovação da lei, em abril passado, disse tratar-se de «um ato arrogante de vandalismo no domínio da moralidade».