O Governo australiano concedeu a cidadania do país a «Gammy», o bebé tailandês com síndrome de Down alegadamente «abandonado» por um casal australiano que contratou uma barriga de aluguer para procriar, revelou esta terça-feira a imprensa local.

Gammy, que fez um ano em dezembro, também poderá obter o passaporte australiano, ainda que o processo não tenha sido ainda iniciado, acrescentou a cadeia ABC.

O caso ficou conhecido em 2014 depois de Wendy e David Farnell terem contratado a tailandesa Pattaramon Chanbua para conceber um filho para ambos, mas após o parto terão apenas levado para a Austrália Pipah, irmã gémea de Gammy.